Sergipe

24/04/2018 às 15h56

Polícia acredita que suspeitos pela morte do capitão Oliveira estariam fardados com roupas da PM

Com informações da SSP/SE

Foto: SSP/SE

O Centro Integrado em Operações Especiais (Cope) divulgou na tarde desta quarta-feira (24),  um material que supostamente tem ligação com a morte do capitão Oliveira que foi assassinado no início do mês de abril em Monte Alegre.

De acordo com informações da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), na última quinta-feira (19) foram encontrados fardamentos escondidos na vegetação que margeia as cidades de Feira Nova e Graccho Cardoso.

O diretor do Cope, delegado Dernival Eloy, destacou que o fardamento pode ter sido utilizado na ação criminosa que resultou na morte do capitão Oliveira durante a noite da quarta-feira, 4 de abril. A linha de investigação é de que o material tenha sido utilizado para causar uma distração e possibilitar que o capitão parasse ou reduzisse a velocidade do veículo, o que teria possibilitado a ação criminosa.

O delegado Dernival Eloy explicou também que o fardamento foi encontrado por um popular que adentrou a vegetação com o intuito de cortar capim. O material estava amontoado e jogado de modo que não seria possível visualizá-lo por quem passasse pela rodovia. O homem acionou a Polícia Militar que fez o recolhimento e entregou à Polícia Civil.

A Polícia Civil pede que informações e denúncias sobre movimentações suspeitas observadas pela área, tais como de veículos ou de pessoas, sejam repassadas pelo Disque Denúncia (181).


Fonte: Com informações da SSP/SE