Sergipe

20/04/2018 às 08h37

Autor de diversos furtos a imóveis de luxo em Aracaju foi preso na Bahia

SSP/SE

Foto: SSP/SE
Equipes do Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri) efetuaram na tarde dessa quinta-feira, 19, a prisão de Moisés Carneiro Sacramento, mais conhecido como “Joalheiro”, 42 anos, em cumprimento a mandado de prisão preventiva. Ele é acusado de praticar diversos furtos em imóveis de luxo, subtraindo objetos de alto valor, como jóias e dinheiro. O criminoso foi preso na cidade de Milagres, na Bahia. Segundo o diretor do Depatri, delegado Thiago Leandro, o criminoso, natural da cidade de Feira de Santana/BA, vinha a Aracaju já há quatro anos, para praticar furtos de alto valor. “O Joalheiro, como foi apelidado, realizou dezenas de invasões praticamente sem deixar rastros. Muito organizado, ele mantinha o local em ordem e saía cruzando as cercas elétricas sem chamar atenção, subtraindo apenas jóias e dinheiro de casas de condomínios de alto padrão na zona de expansão de Aracaju”, disse. De acordo com Thiago Leandro, Moisés já vinha sendo investigado por outras unidades da Polícia Civil pelos crimes praticados, mas sua constante mudança de endereço dificultava a sua localização. “Equipes do Cope, da Divisão de Inteligência, da 4ª Delegacia Metropolitana e da Detur já haviam investigado o mesmo por tais crimes, mas sua mudança frequente e ausência de endereço impediam sua localização”, salientou o diretor do Depatri.

O delegado explicou ainda como foi possível confirmar a identidade do criminoso e sua localização: “ao iniciar as investigações, desde 2017, as equipes do Depatri receberam alguns casos, e através de uma imagem parcial captada do autor numa das invasões, foi possível concluir que de fato se tratava do Moisés Sacramento, já preso anos atrás na Bahia por fato semelhante. De posse de um último endereço onde Moisés passou uma temporada recente de furtos em Aracaju, nossas equipes perceberam que ele saiu às pressas após a divulgação de sua imagem na televisão local. A vigilância foi mantida no local desde então, quando na madrugada de hoje ele enviou um veículo para buscar os pertences que abandonou. Nossos policiais seguiram o veículo até seu destino, localizando então a casa onde Moisés estava morando, em Milagres/BA, a 435 quilômetros de Aracaju, efetuando a sua prisão”. Em depoimento já na sede do Depatri, Moisés confessou os crimes, alegando que revendia as peças imediatamente para compradores de cidades diversas.


Fonte: SSP/SE