Sergipe

18/04/2018 às 11h47

Pacientes começaram a ser transferidos para o Centro de Nefrologia sem a inspeção da Vigilância Sanitária

Redação Portal A8

Foto: Reprodução TV Atalaia
Uma inspeção no novo Centro de Nefrologia foi realizada na manhã desta quarta-feira (18), pela Vigilância Sanitária Municipal e acompanhada por fiscais do Conselho Regional de Medicina. O motivo, segundo a coordenadora da vigilância, é que os pacientes começaram a ser transferidos, sem que o órgão vistoriasse o local.

Além da área, onde ficam os aparelhos para a hemodiálise, o Centro de Nefrologia conta também com um espaço equipado com 35 leitos para pacientes internados, mas segundo a direção do hospital, o espaço não pode ser tratado como enfermaria, apesar de funcionar como uma.

A placa com o nome da enfermaria foi retirada do local. Segundo a coordenadora da vigilância, da forma que está, os pacientes não podem ficar mais de um dia no local, que deve ser tratado como ala de observação.

O superintendente do HUSE, Luiz Eduardo Correia, tenta explicar a situação, já que o espaço deve receber os renais crônicos internados no hospital, alguns deles há mais de dois meses. Ainda segundo o superintendente, o Centro de Nefrologia vai atender apenas os pacientes do HUSE.

O laudo da inspeção realizada nesta quarta-feira deverá ficar pronto até o dia 30 deste mês de abril.

Falsa inauguração

O Centro de Nefrologia foi inaugurado no dia 5 de abril pelo governador Jackson Barreto, antes de deixar o governo, mas um dia depois da inauguração os equipamentos foram retirados, porque a unidade ainda não estava pronta. A falsa inauguração levou o então governador Belivaldo Chagas ao local, que depois da visita, foi definido que no dia 20 deste mês de abril, a unidade estaria pronta.