Sergipe

17/04/2018 às 09h28

Dois homens foram presos suspeitos de executar professora em Campo do Brito

SSP/SE

Foto: SSP/SE
A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Campo do Brito, detalhou na manhã desta terça-feira, 17, o resultado das investigações que terminou na prisão de Antônio Carlos de Jesus Costa, conhecido como "Toninho" ou "Mancha"; e de Jackson Douglas Passos Carvalho. Ambos são acusados da autoria do homicídio que vitimou a professora Ivania Santana Souza Oliveira no dia 12 de outubro de 2017.

O mandante do crime foi identificado como Jackson Douglas Passos Carvalho e já se encontrava preso.

Já no último dia 20 de março, agentes da Polícia Civil, sob o comando da Delegada Michele Araujo, deram cumprimento a Mandado de Prisão Temporária do segundo envolvido no crime, o Antônio Carlos de Jesus Costa, também conhecido como "Toninho" ou "Mancha".

Com a evolução das investigações, ficou ainda mais evidente a participação de Antônio Carlos de Jesus Costa que foi indiciado como coautor do homicídio. Diante das evidências o Poder Judiciário converteu a prisão temporária em preventiva.


Fonte: SSP/SE