Sergipe

04/04/2018 às 08h45

Concursos públicos ampliarão serviços da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros no interior do estado

SSP/SE
Após 11 anos, o Corpo de Bombeiros de Sergipe voltará a ter novos "soldados do fogo" em seus quadros e o comandante-geral da Corporação, coronel BM José Erivaldo Mendes, já garantiu que parte dos novos militares será destinada para compor uma unidade específica no alto sertão de Sergipe. A recomposição do efetivo é imprescindível para uma melhor prestação do serviço, diante das constantes aposentadorias de servidores públicos. 
 
 A PM contará em breve com 300 novos soldados e aspirantes na Corporação. A decisão do Governo do estado em recompor o efetivo destas duas importantes Instituições e ainda concursos para a área da Gestão Pública e Sistema Prisional foi anunciada nesta terça-feira, dia 03, durante solenidade no Palácio dos Despachos. 
 
Foram realizadas as assinaturas para liberação dos editais e esclarecidos pontos que evidenciam o esforço do Governo do Estado de Sergipe para a melhoria da segurança, bem como a abrangência em quota de 20% do número de vagas para mulheres.  
 
“O concurso para o Corpo de Bombeiros é uma reivindicação antiga e essas 212 vagas é o reconhecimento com os Bombeiros do Estado de Sergipe. Independente de ser mulher ou homem, o policial e o bombeiro militar deve trabalhar por amor a farda” ressaltou o secretário João Eloy, apontado que a maior beneficiada será a população sergipana.
 
No total, são 600 vagas com salário inicial dos aprovados no concurso de soldado da PM e Bombeiros será de R$ 3.370,00 e o de aspirante será de R$ 9.236,39. 
 
Complementando o quadro das forças de segurança pública em detrimento dos oficiais que entram para a reserva após mais de 30 anos de prestação de serviço à Segurança Pública de Sergipe, o edital foi lançado nesta terça-feira, 03, no Palácio de Despachos e garante um reforço na segurança do Estado.
 
O comandante do Corpo de Bombeiros de Sergipe, coronel BM José Erivaldo Mendes, falou sobre as melhorias que os novos soldados trarão para o trabalho que vem sendo realizado. "O soldado é a base da corporação, é o executor, é aquele que vai de fato fazer a execução de serviço de salvamento de combate a incêndio de mergulho, salvamento em altura e trabalhar guarda-vida que é uma demanda também bastante séria nossa então é uma melhoria na qualidade da prestação de serviço que o bombeiro hoje presta a sociedade e a ampliação inclusive de serviço, então essa é a importância" ressaltou Erivaldo Mendes.
 
O comandante do Corpo de Bombeiros também enfatizou alguns planejamentos que serão colocados em prática a partir do concurso e também sobre a implementação de uma unidade em um município do sertão do estado. “Temos no nosso planejamento a implementação de uma unidade do quartel do corpo de bombeiros no alto sertão sergipano em Nossa Senhora da Glória, isso está dentro do planejamento. Esse concurso vai viabilizar que a gente consiga implementar que aquela região seja contemplada com os serviços do Corpo de Bombeiros. É de fundamental importância o concurso, que veio no momento certo, a cooperação com certeza vai melhorar os serviços que presta à sociedade" destacou.
 
Para o comandante da Polícia Militar, coronel PM Marcony Cabral, o ingresso dos novos policiais refletirá no trabalho realizado pelos agentes de segurança. "Essa é uma política que vem sendo implementada pelo governo do Estado, o governador Jackson Barreto assumiu um compromisso com a segurança pública de recompor o efetivo da Polícia Militar. E assim tem sido feito desde 2013. Hoje nós tivemos a implementação de mais 300 soldados da Polícia Militar que é o nível inicial, aqueles que estarão as ruas após a formação e também concurso para oficiais que serão os futuros gestores da corporação, os futuros comandantes da corporação. Estamos muito satisfeitos e tenho certeza que a sociedade só tem a ganhar" esclareceu.

Fonte: SSP/SE