Sergipe

15/03/2018 às 16h47

Justiça Eleitoral pede afastamento do prefeito e do vice de Poço Redondo

Com informações TRE

Prefeito Ademilson / Foto: Prefeitura de Poço Redondo

Na manhã desta quinta-feira (15), a Justiça Eleitoral decidiu pela ilegibilidade e cassação do diploma eleitoral do prefeito do prefeito Ademilson Chagas Júnior e do vice, Manoel Rodrigues da Silva, do município de Poço Redondo.

Na decisão, o juiz eleitoral, Paulo Roberto Fonseca Barbosa informou que o prefeito e o vice devem ser afastados por abuso de poder econômico e indícios da prática de ‘caixa 2’. Além da não contabilização de receitas e despesas realizadas, sem a devida prestação de contas.

O juiz também citou a prática de abuso de poder econômico e captação Ilícita de sufrágio, por meio do pagamento ou promessa de pagamento de contas de água e energia elétrica de terceiros, durante o período eleitoral.

Segundo o prefeito, a decisão do magistrado não corresponde à realidade e ele vai recorrer.


Fonte: Com informações TRE