Sergipe

28/02/2018 às 11h13

Cursos profissionalizantes e de qualificação profissional acontecerão gratuitamente no Santa Maria

Assessoria

O Senac/SE e o Instituto Rahamim, que atua no bairro Santa Maria e adjacências, assinaram um contrato para a execução da segunda edição do Projeto Juventude & Cidadania. A ação é voltada para jovens entre 18 e 29 anos e o objetivo é promover acesso a cursos profissionalizantes e de qualificação profissional a custo zero. Através do contrato, o Senac/SE ofertará, ao longo de dois anos, 21 opções de títulos, dentre elas Estilista de Moda, Confeiteiro, Salgadeiro, Recepcionista, Frentista e diversos cursos na área de informática, totalizando 26 turmas e 635 vagas. O Projeto Juventude & Cidadania é financiado pela Petrobras, e tem o apoio da Prefeitura Municipal de Aracaju e do Sebrae.

As aulas acontecerão na sede do Instituto Rahamim, nos Centros de Referência de Assistência Social da Prefeitura de Aracaju (Cras Santa Maria e Cras Maria Dirá), e na Paróquia da Santíssima Trindade. Jovens de toda a capital podem se inscrever, mas terão prioridade no preenchimento das vagas os portadores de deficiências e beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família. O primeiro curso será o de Manicure e Pedicure, e será iniciado em 13 de março. No dia seguinte, terá início o curso de Frentista.

Paulo do Eirado, diretor do Senac/SE, comemorou a retomada da parceria que já havia acontecido na primeira edição do projeto em 2015, quando 260 jovens foram beneficiados com os cursos da instituição. “Para o Senac, acima de tudo, é a reafirmação de um projeto que já é bem-sucedido e que agora continuamos numa escala maior. Ficamos muito gratos por escolherem o Senac para ofertar esses cursos e, ao mesmo tempo, agradecemos à Petrobras por proporcionar que tudo isso possa acontecer. É uma ação muito válida, direcionada à juventude, às pessoas que estão precisando ingressar no mundo do trabalho”, declarou.

“É com essa intenção que o Senac chega junto, que é buscar não apenas a formação no sentido da educação profissional obrigatória, mas ir além. É ter a questão do desempenho no trabalho, da ética, do meio ambiente, da cidadania, tudo isso sendo levado em conta para que tenhamos profissionais como a gente entende que devam ser. E o Senac é um parceiro desse projeto para ajudar na construção desses grandes profissionais”, concluiu o diretor.

Como lembrou Cristiano Lima Santos, coordenador do Instituto Rahamim, a parceria com o Senac começou, na verdade, em um projeto anterior chamado Santa Faustina, voltado para a qualificação profissional do público feminino. “Desde então fomos construindo essa rede de compromissos, de troca de conhecimentos, de experiências, com uma riqueza muito grande, ente o Instituto Rahamim e o Senac. Ficamos muito felizes em tê-lo como nossa parceiro, pois acreditamos estar oferecendo o melhor do ensino profissionalizante às pessoas atendidas pelo instituto”, reconheceu Cristiano.

Juventude & Cidadania

O Instituto Rahamim foi fundado em 22 de novembro de 2000 na cidade de Aracaju. Ele surgiu por inspiração de Cristiano Lima Santos, ex-frade capuchinho que, juntamente com outros membros, fundou a Casa Mãe da Misericórdia, sede do Instituto, onde é realizada a maior parte das atividades destinadas a colaborar com a inclusão social e a melhoria da qualidade de vida da população do bairro Santa Maria e outras regiões.

O instituto é uma associação da Sociedade Civil Organizada de caráter assistencial, sem fins lucrativos e tem como foco de sua intervenção a família, atuando no serviço de convivência e fortalecimento de vínculos, através de projetos como Novos Caminhos, Santa Faustina e Juventude & Cidadania.

​O Projeto Juventude & Cidadania tem o patrocínio da Petrobras e é um mecanismo de transformação social através da promoção da cidadania, qualificação profissional e resgate da autoestima dos jovens. É voltado prioritariamente para aqueles que estão na faixa etária entre 18 e 29 anos. Todos os cursos são ministrados pelo Senac Móvel e são oferecidos gratuitamente para a comunidade aracajuana.

​A novidade que a segunda edição traz é, além do aumento do número de cursos e vagas disponíveis e um laboratório de informática comunitário, a divisão das atividades em quatro unidades espalhadas pelo Complexo Santa Maria para facilitar a participação e integração de todos.

Mais informações sobre o Instituto Rahamim aqui e sobre o Projeto Juventude & Cidadania aqui.

 


Fonte: Assessoria