Sergipe

23/01/2018 às 08h12

Dez unidades de saúde oferecem vacina contra a Febre Amarela em Aracaju

Com informações da SMS e SES

Foto: SES
Na última segunda-feira, 22, um coletiva de imprensa foi realizada na Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Aracaju para tratar da dinâmica da vacinação contra a febre amarela. 

Durante a coletiva, a Secretária da SMS, Waneska Barboza, anunciou a ampliação do número de postos que aplicam a vacina de febre amarela. Agora, a Unidade de Saúde da Família (USF) Max de Carvalho, localizada no bairro Luzia, disponibilizará 600 doses por semana, 300 às terças e 300 às quintas. 

“Essa unidade seguirá o mesmo padrão das outras nove, de distribuir 150 senhas por turno. Com esses dez postos de vacina, ampliaremos nossa oferta para cerca de 1.200 aplicações por dia, o que é mais que suficiente para atender toda demanda de quem viajará para as áreas endêmicas”, declarou Waneska.

Sergipe não é considerada uma área de risco pelo Ministério da Saúde (MS), por isso apenas viajantes podem receber o medicamento. Segundo a coordenadora de Imunização da SES, Sândala Teles, não é preciso pânico da população, pois o quantitativo fornecido pelo estado é suficiente para atender a todos, além de ser um procedimento de rotina.

“Muita gente acha que a vacina contra a febre amarela está sendo aplicada apenas nesse período de surto no país, porém é importante deixar claro que esse é um procedimento de rotina. Ou seja, essa aplicação está sempre disponível nos postos, não importa a época do ano. Quanto ao receio de que falte a vacina caso Sergipe vire uma área de risco, a população pode ficar tranquila. Se de fato isso ocorrer, o próprio MS aumentará o envio de doses para o estado, a fim de que possamos garantir a imunidade da população como um todo”, garantiu Sândala.

 

Foto: Marcos Vieira
Contraindicações

Confira quem não pode tomar a vacina contra a febre amarela:

✔ Pessoas com 60 anos ou mais;
✔ Crianças menores de 6 meses de vida;
✔ Gestantes;
✔ Mulheres que estejam amamentando crianças menores de 6 meses;
✔ Pessoas com história de alergia à proteína do ovo;
✔ Indivíduos com imunodepressão de qualquer natureza;
✔ Indivíduos com imunodepressão de qualquer natureza;
✔ Indivíduos que vivem com HIV;
✔ Indivíduos submetidos à transplante de órgãos;
✔ Indivíduos com imunodeficiência primária;
✔ Indivíduos com neoplasia;
✔ Indivíduos com história pregressa de doenças do timo (miastenia gravis, timoma, casos de ausência do timo ou remoção cirúrgica).

“É importante que o idoso leve o documento emitido por um profissional da saúde autorizando a vacinação, visto que muitos estão enfrentando filas nas Unidades Básicas de Saúde [UBS] sem a documentação devida. O mesmo acontece com gestantes ou mulheres em fase de amamentação. Isso tudo contraindica a vacina nesse momento. É preciso analisar o custo benefício para aplicação da dose nesses grupos”, acrescentou Sândala.

 

Foto: Marcos Vieira
Locais de vacinação

Por fazer parte de um estado que não é considerado endêmico para febre amarela, Aracaju oferta a dose padrão da vacina contra a febre amarela com 0,5 ml e aplicação via subcutânea, em 10 unidades de saúde, das 8h às 17h, distribuídas em variados dias da semana. Na capital, os locais de vacinação são as UBS Sinhazinha, Edézio Vieira de Melo, Joaldo Barbosa, Augusto César Leite, Maria do Céu, José Machado de Souza, Lauro Dantas, Celso Daniel e Marx Carvalho, que passou a disponibilizar as doses. Além dessas, o Ipesaúde também as disponibiliza. Cada unidade possui 300 doses da vacina, 150 por turno, nos dias específicos reservados à aplicação.

Confira os dias de vacinação em cada unidade:

Segunda-feira

✔ Edézio Vieira de Melo, no Siqueira Campos
✔ Augusto César Leite, no Conj. Santa Tereza - bairro Aeroporto
✔ José Machado de Souza, no Santos Dumont 
✔ Celso Daniel, no Conj. Padre Pedro - bairro Santa Maria

Terça-feira

✔ Joaldo Barbosa, no Bairro América
✔ Maria do Céu, no Centro
✔ José Machado de Souza, no Santos Dumont
✔ Max de Carvalho, no Luzia

Quarta-feira

✔ Dona Sinhazinha, no Grageru
✔ Joaldo Barbosa, no Bairro América
✔ Augusto César Leite, no conj. Santa Tereza - bairro Aeroporto
✔ Lauro Dantas, no Bugio

Quinta-feira

✔ Edézio Vieira de Melo, no Siqueira Campos
✔ Celso Daniel
, no conj. Padre Pedro - bairro Santa Maria
✔ Max de Carvalho, no Luzia
✔ Ipes, no São José

Sexta-feira

✔ Dona Sinhazinha, no Grageru
✔ Maria do Céu, no Centro
✔ Lauro Dantas, no Bugio

 

Municípios sergipanos 


Fonte: Com informações da SMS e SES