Sergipe

05/12/2017 às 08h31

Greve Geral: Trabalhadores de várias categorias fazem paralisação de 24 horas contra a Reforma da Previdência

Redação Portal A8

A greve geral desta terça-feira (5), paralisou alguns serviços públicos em Aracaju. O ato, que é organizado por Centrais Sindicais e Movimentos Sociais, tem objetivo de barrar a Reforma da Previdência.

Professores das escolas estaduais suspenderam as atividades por 24 horas nos 75 municípios sergipanos. Na capital, os servidores da rede municipal também paralisaram. Com isso, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) estima que cerca de 157 mil alunos vão ficar sem aula.

O Sindicato dos Bancários de Sergipe (Seeb) confirmou que a categoria também aderiu à paralisação e que os bancos não vão abrir em todo o estado.

O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Município de Aracaju (Sintra) confirmou que protestos realizados na porta de algumas empresas de ônibus impedem a saída dos veículos. Com isso, o transporte dos 230 mil passageiros que circulam em Aracaju e Grande Aracaju ficou comprometido. Um grupo se concentrou na Av. Marechal Rondon, no acesso ao município de São Cristóvão.

Já o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) informou que manifestantes estão posicionados nos portões das garagens impedindo a saída da frota de ônibus desde a madrugada. Motoristas e cobradores estão no interior das empresas aguardando liberação da área para iniciarem o trabalho.

A Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) informou que todos os táxis da capital estão autorizados a fazer lotação até que o serviço do transporte público seja regularizado.

Segundo a SMTT, há bloqueios nas pontes que ligam Aracaju a Nossa Senhora do Socorro nos trechos dos conjuntos João Alves e Marcos Freire II. Também há interdição na ponte Aracaju/Barra dos Coqueiros.

 

ESTRADA

Manifestantes também interditaram o Km 3 da BR-235, nos trechos de entrada e saída de Aracaju. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), não houve aviso prévio do bloqueio. A PRF sugere como rota alternativa seguir pela Av. Dr. Lauro Porto, popularmente conhecida como Av. Santa Gleide. O bloqueio continuava às 7h40 (horário local).

O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRv) disse que não há nenhum ponto de bloqueio nas estradas estaduais sergipanas.