Sergipe

06/11/2017 às 10h20

Operação Finados: PRF registra seis acidentes

Com informações da PRF

A PRF encerrou à meia-noite de domingo (05), a Operação Finados 2017, realizada nas rodovias federais de todo o país. Nos cinco dias de operação, em que 1,1 mil pessoas e 983 veículos foram fiscalizados nas rodovias federais de Sergipe, a PRF atendeu a seis acidentes sendo dois deles graves, em que quatro pessoas ficaram feridas (duas em estado grave) e não houve registro de morte.

Comparativo

Quando comparada à Operação 12 de Outubro (também com cinco dias de duração), a Operação Finados apresentou reduções de 62,5% no número de acidentes e 66,7% no número de feridos (ver tabela abaixo). Porém, no quesito imprudência, houve aumento de 27,9% nas infrações registradas e, especificamente, a infração do tipo “ultrapassagem proibida” registrou um número dez vezes superior, saltando de cinco infrações durante a Operação 12 de Outubro, para 51 infrações desse tipo durante a Operação Finados.

Imprudência nas rodovias federais do estado

Durante a Operação Finados 2017, a PRF intensificou as fiscalizações com o objetivo de coibir motoristas infratores e registrou diversas atitudes imprudentes nas rodovias, como o excesso de velocidade. Na fiscalização com o uso do radar, foram flagrados 306 condutores trafegando em velocidade acima da permitida na rodovia. Eles serão autuados e pagarão multa que varia de R$ 130,16 até R$ 880,41 e poderão ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por até 12 meses.

Embriaguez ao volante  

Apesar do rigor da Lei Seca e da fiscalização, ainda há condutores que insistem na prática de conduzirem veículos após o consumo de bebidas alcoólicas. Nos 601 testes de alcoolemia realizados pela PRF durante a Operação Finados 2017, 14 condutores foram flagrados pelos agentes federais dirigindo embriagados nas rodovias federais de Sergipe. Cinco deles foram detidos por ultrapassarem o teor alcoólico de 0,34 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões). Além da multa de R$ 2.934,70 (embriaguez ao volante), os condutores detidos responderão por crime de trânsito.

Educação para o trânsito

Com o intuito de diminuir essas infrações, a PRF investe na conscientização dos condutores através de ações de educação para o trânsito. Em Sergipe, as ações educativas com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro, alcançaram 169 pessoas, entre palestras e abordagens educativas, além do projeto Cinema Rodoviário.


Fonte: Com informações da PRF