Sergipe

21/10/2017 às 08h50

Rebelião em presídio de Aracaju termina após 19 horas de negociação

Redação Portal A8

 

O Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC) informou que acabou a rebelião no Complexo Penitenciário Advogado Antônio Jacinto Filho (Compajaf), no Bairro Santa Maria em Aracaju. Por cerca de 19 horas os presos mantiveram reféns os 97 familiares que estavam na unidade durante a visita.

Segundo o comandante do Policiamento da Capital, tenente-coronel Vivaldy Cabral, 23 reféns foram liberados por volta de 1h desta madrugada (21), sendo a maioria mulheres e crianças. Cerca de 70 familiares dos presos ainda estão impedidos de sair do presídio.

De acordo com a Secretaria de Justiça de Sergipe (Sejuc), inicialmente 97 familiares dos detentos foram feitos reféns por 80 presos no Pavilhão C. O Compajaf tem capacidade para 595 presos e atualmente abriga 530 presos.

A Secretaria de Justiça informou que o vice-diretor do presídio foi atingido no rosto por uma pedra. Ele foi socorrido e encaminhado para um hospital da capital sergipana, mas já foi liberado. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Equipes do Grupo Especial de Repressão e Busca (Gerb), Polícia Civil e Militar estão no local, além do Corpo de Bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O Grupamento Tático Aéreo (GTA) está realizando o trabalho de apoio aos policiais.