Sergipe

04/10/2017 às 10h12

Última etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica acontece no próximo sábado

PMA/SE

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), realiza no próximo sábado (07) a quarta e última etapa da Campanha de Vacinação Antirrábica 2017. As doses estarão disponíveis das 8h às 17h, em 44 postos fixos espalhados da 5ª à 8ª região de saúde, que englobam os bairros Suíssa, Pereira Lobo, Cirurgia, Santo Antonio, Industrial, Soledade, Japãozinho, Santos Dumont, Bugio, entre outros.

Até agora foram imunizados 21.737 animais, sendo 15.475 cães e 6.262 gatos. Somente no último sábado, 30 de setembro, quando foi realizada a terceira etapa da campanha nos pontos fixos da 3ª e 4ª regiões (que compõem os bairros América, Siqueira Campos, Luzia, Ponto Novo, Grageru e Inácio Barbosa), foram vacinados 7.420 bichos de estimação.  

A raiva pode ser transmitida do animal para o homem através da mordida ou pelo contato de ferimento com a saliva do cão ou gato infectado. O veterinário e coordenador do CCZ, Cassiano Fernandez, lembra que a vacina é a forma mais eficaz de prevenção de casos de raiva e proteção da saúde do animal, que deve ser imunizado todos os anos. “A vacina contra a raiva permite que o cão e o gato crie anticorpos para poder se defender da doença, mas é importante alertar que não se deve ministrar outras medicações ou vacinas simultaneamente, pois essa atitude pode até matar o animal”, alerta.

Todos os animais a partir dos quatro meses de idade devem ser imunizados, exceto aqueles que estejam doentes (com diarreia, secreção ocular ou nasal, sem apetite, convalescentes de cirurgias ou outras enfermidades). O veterinário chama atenção ainda para alguns cuidados que devem ser adotados na hora da vacinação. “Nós pedimos que os donos não esqueçam de levar o cartão de vacina do animal e sigam alguns procedimentos para evitar acidentes, tais como: usar coleira em todos os cães, focinheira nos animais bravos e transportar os gatos em caixas específicas para esse fim”, orienta.


Fonte: PMA/SE