Sergipe

09/10/2015 às 14h26

Inquérito sobre morte de jovem em ônibus deve ser encaminhado à justiça na próxima semana

Redação Portal A8

O caso envolvendo a morte da jovem Thaís da Silva dos Santos, de 22 anos, já está quase elucidado e deve ser encaminhado à justiça na próxima semana. Todos os cinco envolvidos no crime são menores de idade e quatro já estão apreendidos.

“As investigações estão em fase de conclusão, já temos quatro adolescentes que foram apresentados e ouvidos, um se apresentou e três nós fomos atrás. Ontem conseguimos ouvir o adolescente que efetuou o disparo e hoje aguardamos o quinto adolescente se apresentar, para que ele diga as motivações e o que realmente aconteceu. E encaminharemos no início da próxima semana ao poder judiciário”, explicou o delegado João Martins.

Sobre os assaltos a ônibus o delegado relata que o trabalho tem sido intenso para diminuir essas estatísticas. “Esses assaltos tem incomodado muito a população e a polícia, por isso, nós estamos trabalhando intensamente em conjunto com a PM e mantendo reuniões com a Setransp de modo que a gente empregue novas tecnologias que façam com que a polícia chegue mais rapidamente aos assaltantes e que o crime não se torne mais atraente para os marginais”, detalhou o delegado.

Na maioria dos assaltos os autores são menores de idade e quando são presos acabam retornando rapidamente para o mundo do crime. “Lamentavelmente quando não são só adolescentes, há alguns menores envolvidos. Mas fazemos prisões em flagrantes destes jovens e eles voltam a praticar o delito. Com maiores de idade também acontece isso, já tiveram casos em que menos de um mês depois eles voltam”, relatou João Martins.

Nos terminais de integração a segurança fica por conta Guarda Municipal. “Com relação ao transporte nossa equipe fica apenas nos terminais, mas quando se efetiva uma operação dessa é que se tem o espaço de dinamizar a atuação, mas no que diz respeito estamos trabalhando de foram preventiva nos terminais, mas estaremos sempre a disposição para trabalhar a convite da SSP, para minimizarmos as questões de combate a violência na nossa capital”, declarou o coronel Enilson Aragão.