Sergipe

18/08/2015 às 09h49

Professora denuncia falta de estrutura e segurança em escola estadual de Aracaju

Redação Portal A8

A professora Ana Luzia Costa denuncia a falta de manutenção no prédio onde funciona a escola estadual Ruy Eloy, localizada no bairro José Conrado de Araújo, em Aracaju. Segundo a educadora, os problemas vão desde a falta de estrutura a falta de segurança.


Foto: Sintese
De acordo com a professora, a infraestrutura da unidade escolar é caótica. “As paredes estão todas pichadas, a área de circulação é pequena, os tetos são furados, alguns quadros estão danificados, ventiladores quebrados, a quadra não tem cobertura, as grades da quadra todas cortadas, na verdade, a escola parece um presídio”, afirma.


Além disso, falta equipamentos e instrumentos que auxiliam na educação e na segurança dos alunos. “Não tem computadores para dar aula de informática aos alunos, não existe uma sala de farmácia caso alguém precise ser socorrido, a biblioteca existe mas parece um depósito onde tudo que é entulho se joga lá. Falta muitas coisas que a gente briga para ter e nunca tem”, diz a educadora.


A segurança também é outro problema da escola. Segundo Ana Luzia, só neste ano, o colégio já foi assaltado três vezes. “Aparelhos como notebooks e Datashow a gente esconde, não deixa na escola, porque se deixar, corre o risco de os bandidos levarem”.


Foto: Sintese
Fora os problemas de infraestrutura e segurança, a educadora ainda reclama da ausência de um projeto educacional que oriente e direcione os professores quanto ao ensino na rede pública. “Um plano pedagógico não existe na rede pública. Nós precisamos de uma política educacional, mas isso não existe nas de Sergipe. É uma realidade enfrentada por todas as escolas do estado. E se a gente não tem esse direcionamento de um plano pedagógico acontece o que vêm acontecendo. São problemas com a disciplina dos alunos, problemas com álcool, com droga, com a violência. Tudo isso influencia”, conclui a professora.