Sergipe

14/08/2015 às 07h35

Só este ano, mais de 25% das placas de sinalização sofreram atos de vandalismo

Redação Portal A8

As placas de sinalização viária servem para orientar condutores e pedestres, disciplinar o trânsito, e assim contribuir para a melhoria da mobilidade urbana. Mesmo assim, desde o início de 2015, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Defesa Social e da Cidadania, já reimplantou 235 placas de sinalização viária que foram alvo de vandalismo. O valor corresponde a 27,32% das placas implantadas no mesmo período.

 

Através da Diretoria de Planejamento e Sistemas (DPS), um total de 860 placas de trânsito foram instaladas na cidade pela SMTT, desde janeiro. Do total de placas instaladas, 61 foram danificadas e 174 furtadas. Tais atitudes geram um custo extra ao órgão e prejudicam a mobilidade urbana, causando transtornos no trânsito.
Segundo o chefe do núcleo de sinalização da SMTT, Diego Carvalho, as placas de trânsito são produzidas pelo órgão.


com o intuito de reduzir os custos de produção, mas a reposição de placas que são alvo de vandalismo é um gasto a mais. “Temos uma fábrica de placas no órgão desde 2011, a intenção é reduzir os custos de produção. Ela nos traz uma economia de 30% a 40%. Mas nós temos um gasto extra com furtos e danos causados por vândalos”, comenta o chefe do núcleo de sinalização.

 

As placas de sinalização viária são produzidas em aço galvanizado e revestidas em zinco, que confere mais resistência e isola a superfície de agentes oxidantes. Em conformidade com o Manual Brasileiro de Sinalização de Trânsito, as placas são colocadas lateralmente à via, a uma altura livre entre 2,0 e 2,5 metros em relação ao solo. Dessa forma, as placas se beneficiam da iluminação pública e provocam menor impacto na circulação dos pedestres, assim como ficam mais visíveis à população. 


Quem presenciar este tipo de atitude, pode denunciar através do Disque Trânsito – 118, Guarda Municipal – 151 ou Polícia Militar -190.