Sergipe

13/08/2015 às 20h41

Enteado suspeito de matar cabo da PM se entrega à polícia

Redação Portal A8

Na tarde desta quinta-feira (13) o suspeito de ter matado o cabo da Polícia Militar, Jeová Santos, se entregou a polícia no Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa Física (DHPP). Cleverton Santos, de 19 anos, que estava acompanhado do advogado chegou a prestar depoimento. No início desta noite, ele foi transferido para a Delegacia Plantonista, em Aracaju. 


A Polícia Civil vai apresentar o suspeito na manhã desta sexta-feira,  (4), na Academia de Polícia Civil (Acedepol). Na ocasião, o diretor do Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa, delegado Alessandro Vieira e o Delegado-Geral, Everton Santos, irão detalhar os procedimentos investigativos.

 

Crime

 

O cabo da Polícia Militar, Jeová Santos, foi morto a tiros, na noite da última sexta-feira (07) em sua residência, enquanto dormia. Quando a equipe da polícia da 4ª Divisão do DHPP chegou ao local do crime, percebeu que o executor conhecia a rotina da casa.

 

 Após a elucidação do caso, verificou-se que uma escada foi posta propositalmente para facilitar a entrada na casa. A pedido da mãe, o adolescente de 12 anos, foi avisar ao irmão de 19 que fosse até a casa para matar o PM. Encapuzado, o enteado de 19 anos executou o PM e depois levou a arma do policial que estava em cima do guarda-roupa.