Sergipe

12/08/2015 às 07h45

Ônibus deixam de circular e funcionários protestam na porta da empresa Progresso

Redação Portal A8

Cerca de 180 ônibus do transporte público da empresa Progresso pararam de circular na manhã desta quarta-feira (12). Cobradores e motoristas estão na porta da empresa, localizada na avenida Marechal Rondon, desde às 4h da madrugada.


Segundo os funcionários, eles estão com os salários atrasados do mês de julho e agosto. Além disso, eles lutam pelo recebimento de ticket de alimentação e para a retomada do plano de saúde que foi suspenso pela empresa.


Os ônibus da empresa estão estacionados por toda a avenida Marechal Rondon. O protesto deixou o trânsito lento no local. O engarrafamento na via chega a ser quilométrico. A fila de carros vai até o conjunto Eduardo Gomes. 

 

A empresa Progresso tentou entrar em um acordo com os funcionários para pagar a dívida do mês de julho e posteriormente pagar o salário do mês de agosto. No entanto, os funionários afirmaram que só aceitam o pagemento integral e que só voltarão às ruas quando o dinheiro estiver na conta.

 

Nota Setransp

 

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju e região metropolitana (Setransp) informa que todas as medidas foram adotadas para suprir o atendimento às linhas atingidas no início da manhã de hoje, com a lamentável paralisação dos funcionários da Progresso. As empresas Modelo e Atalaia, que também atuam na capital, foram acionadas para suprir essas linhas, e todos os ônibus já estão em operação atendendo à população. A empresa Progresso está em negociação positiva com seus colaboradores para cumprir nos próximos dias a quitação do atraso questionado referente à última quinzena de julho. E o Setransp está esperançoso de que o sistema volte o mais breve possível a sua regularidade.