Sergipe

07/08/2015 às 11h14

Presidente da OAB sugere interdição de delegacias

Redação Portal A8

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Carlos Augusto Monteiro foi até a Secretaria de Segurança Pública (SSP) para dialogar com o secretário Mendonça Prado sobre a situação dos presos custodiados nas delegacias.

 

A ordem dos advogados através da Comissão dos Direitos Humanos vem denunciando a precariedade do sistema prisional como um todo. “Dentre esses relatórios tem um encaminhamento dos Direitos Humanos sugerindo ao conselho Seccional o ajuizamento de uma ação civil para interdição das delegacias. “Se o sistema já está esgotado, através da interdição do Copecam e pela superlotação das delegacias, com a interdição o sistema entrará em verdadeiro colapso”, relata o presidente da OAB.

 

O presidente ainda explica que nessa reunião ele se coloca à disposição para pensar juntos e trazer uma proposta. Mas ele reforça, “Sejamos objetivos, porque todos perdermos com a atual conjuntura”.

Segundo o secretário da SSP, a primeira ação após as rebeliões da quinta-feira (06), foi o diálogo entre a SSP e a Secretaria de Justiça com o objetivo de fazer a transferência de presos para estabelecimentos penais, quando 100 presos foram transferidos. “Isso dá uma folga para as delegacias, mas a polícia também não vai parar de prender, porque quem cometeu o crime tem que ser preso.”, explicou Mendonça.

 

O secretário de Segurança Pública falou ainda que é preciso analisar o fato com um todo. “ A maioria está preso porque se envolveu no momento do crime. Mas onde as famílias estavam nesse momento?”, indagou o secretário. Segundo ele, o problema que está instalado vem da desestruturação familiar.

 

Em reunião a portas fechadas eles discutiram soluções para melhorar o sistema prisional.