Sergipe

09/05/2014 às 19h53

Homem acusado de atear fogo em mendigo é preso

O crime foi praticado por Gerinaldo Oliveira de Gois, 30 anos, conhecido como 'Kiko', por volta das 21h40 desta quinta-feira.

Redação Portal A8

Policiais do 3º Batalhão da Polícia Militar prenderam por volta das 9h40 da manhã desta sexta-feira, 9, no centro de Itabaiana, um homem acusado de atear fogo no corpo do mendigo José Raimundo dos Santos no momento em que ele dormia na área dos mercados da cidade. O crime foi praticado por Gerinaldo Oliveira de Gois, 30 anos, conhecido como 'Kiko', por volta das 21h40 desta quinta-feira. 

Foto:SSP/SE

 

De acordo com o comandante do 3º Batalhão, major Reinaldo Chaves, a origem do crime foi uma discussão travada entre a vítima e o autor por volta das 17h40 de ontem. Testemunhas afirmam que o mendigo chamou Gerinaldo de “bichinha” e ele ficou inconformado com a situação. “O autor saiu do local comprou querosene e esperou a vítima ir dormir. Enquanto o mendigo dormia se aproximou e espalhou o combustível pelo corpo e depois tocou fogo”, disse. 

 

A cena macabra foi presenciada por uma testemunha, que confirmou tudo a Polícia Militar. De posse da informação, policiais militares fizeram diligências vindo a encontrar o principal suspeito em uma oficina nas proximidades do 3º Batalhão. Ele foi conduzido ao quartel e a foto dele foi enviada para a principal testemunha do caso, que encontra-se acompanhando a vítima no Hospital de Urgência de Sergipe, e, mais uma vez, ela não teve dúvidas em reconhecer Kiko como o autor do crime. 

 

“Para que não houvesse dúvidas falei com a assistente social do Huse para que mostrasse a foto do suspeito à vítima, mas ela informou que José Raimundo encontra-se entubado não tendo, portanto, condições de falar ou reconhecer alguma coisa”, explicou o major Chaves. No entanto, para que não ficasse dúvidas sobre a autoria do delito, o comandante mandou buscar a testemunha no hospital a fim dela reconhecer face a face o suspeito.

 

“Novamente, ele confirmou, sem sombra de dúvidas, que tratava-se do homem que tentou matar o seu colega”, disse o oficial. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encontra-se internada no Hospital de Urgência de Sergipe em estado grave com cerca de 90% do corpo queimado. 

 

O inquérito que vai apurar as circunstâncias do crime será presidido pela delegada regional de Itabaiana, Michele Araújo. Gerinaldo deve responder por tentativa de homicídio.