Sergipe

07/05/2014 às 14h30

Professores da UFS decidem pela greve

Ainda ficou decidido que no dia 21 de Maio a UFS paralisará as atividades, em razão de uma reunião entre o Sesu/MEC e o ANDES-SN.

Redação Portal A8

Os professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS) em sua ampla maioria votaram a favor do indicativo de greve. A decisão foi tomada em assembleia geral realizada na manhã desta quarta-feira (7) de Maio no auditório da instituição. Durante a votação três docentes votaram contra a greve e um optou pela abstenção.

 

(Foto: ADUFS)

 

Os docentes da UFS optaram pela greve, em função do descomprometimento do governo com as reivindicações da categoria.

 

Os grevistas reivindicam incorporação das gratificações no vencimento básico; piso no valor do salário mínimo do DIEESE correspondente a 1º de janeiro de 2014; interstício de 5% entre os níveis de carreira; percentuais de titulação de 75% para doutorado ou livre-docência, 37,5% para mestrado, 18% para especialização, 7,5% para aperfeiçoamento; base na carreira de 20h, a partir da qual se aplica os percentuais de 100% para 40h e 210% para DE.

 

Ainda ficou decidido que no dia 21 de Maio a UFS paralisará as atividades, em razão de uma reunião entre o Sesu/MEC e o ANDES-SN.