Sergipe

23/05/2013 às 07h58

Vitória de Pirro - Adiberto de Souza

Redação Portal A8

A Assembléia terá que fazer outra eleição para escolher o futuro conselheiro do Tribunal de Contas de Sergipe, pois a votação vencida pela deputada estadual Susana Azevedo (PSC) feriu a Constituição e o Regimento Interno do Legislativo. Pelo menos foi o que entendeu o Pleno do Tribunal de Justiça, ao rejeitar os agravos regimentais contra a liminar considerando irregular a escolha da parlamentar cristã. Com a decisão, o ex-deputado Belivaldo Chagas (PSB) mantém a esperança de ser eleito conselheiro do TCE, porém existe um pequeno detalhe: hoje ele não dispõe de votos suficientes para derrotar Susana. A não ser que até o dia da nova eleição o governo reconquiste a maioria na Assembléia. Será?

Leia conteúdo na íntegra