Sergipe

17/05/2013 às 15h46

Polícia civil prende acusados de homicídio e comércio ilegal de arma de fogo

Redação Portal A8

Denúncias anônimas feitas por meio do Disque Denúncia, o 181, levaram policiais civis da delegacia de Ribeirópolis ao cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedido pela comarca do município, contra Sérgio Lima Macenas.

De acordo com a polícia, o processo é referente ao crime de comércio ilegal de arma de fogo.

O rapaz foi surpreendido em casa, no bairro Mutirão, centro da cidade: "foi feito o cerco na residência de Sérgio, o que impossibilitou qualquer reação. Sérgio estava foragido desde 2012, após ser encontrado em sua residência oito armas de fogo, sendo uma pistola calibre 380 e sete espingardas e cerca de 200 munições de calibre 20, 32, 36, 40 e 380", destacou a delegada de Ribeirópolis Ana Paula Moreira.

Com o apoio de Policiais civis da Delegacia de Simão Dias e do Gabinete do secretário Adjunto de Segurança Pública, os Policiais Civis da Delegacia de Ribeirópolis localizaram ainda mãe e filho acusados de terem matado Marcelo de Lima, 27 anos, que estavam no município de Adustina, Bahia.

No dia 23 de novembro de 2012, no Conjunto José Francisco Nascimento em Ribeirópolis, Marcelo de Lima foi assassinado com cinco golpes de arma branca. O motivo da violência seria um aparelho celular. Segundo as investigações, Joselita dos Santos Santana, o filho dela de 17 anos, e o companheiro da mulher, identificado como João Batista dos Santos, mais conhecido como "João Galinha", mataram Marcelo a golpes de punhal e fação.

"Os crimes causaram muita comoção no município, e a prisão dos acusados só foi possível por causa da união dos policiais civis de Ribeirópolis, do apoio de Policiais civis da Delegacia de Simão Dias e do Gabinete do secretário Adjunto de Segurança Pública e da confiança da população que através de 181, denunciou", destacou a delegada de Ribeirópolis Ana Paula Moreira.

Fonte: SSP/SE