Sergipe

07/05/2013 às 11h05

Presa dupla acusada de roubar clientes em lanchonete

Redação Portal A8

Uma operação da 5ª Delegacia Metropolitana e do Grupamento Especial de Repressão e Buscas (Gerb) da Polícia Civil realizada na noite da última sexta-feira, 3, durante o plantão da Coordenadoria de Polícia Civil da Capital (Copcal), prendeu em flagrante Diarlisson Santana dos Santos, 24 anos, e Júlio César Santana de Jesus, 25, ambos acusados de roubar e agredir clientes e funcionários de uma lanchonete no Marcos Freire 3, em Nossa Senhora do Socorro.

De acordo com o delegado Ademir Melo, por volta das 21h, quatro vítimas procuraram à delegacia desesperadas, afirmando que três homens armados com revólveres chegaram ao estabelecimento renderam funcionários e clientes e subtraíram celulares, dinheiro e carteiras dos clientes e funcionários.

Após os relatos das vítimas, fomos imediatamente até o estabelecimento assaltado, observamos as imagens do circuito interno de TV e passamos a empreender diversas diligências de buscas na região, onde conseguimos encontrar dois assaltantes que estavam escondidos em um matagal. Os dois estavam com aparelhos celulares das vítimas e Diarlisson estava com um revólver calibre 38 com cinco munições", destacou.

Na delegacia, os dois foram reconhecidos pelas vítimas e confessaram as autorias do assalto. Diarlisson tem uma longa ficha criminal, já tendo sido preso e processado por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, furto e receptação. Por sua vez, Júlio tem passagem por tráfico de drogas e furto. Os dois foram indiciados por roubo duplamente majorado e já foram transferidos para o sistema prisional do Estado, onde encontram-se à disposição da Justiça.

Em depoimento, Diarlisson disse que a arma utilizada no crime foi adquirida há três meses na Feira das Trocas, em Aracaju, mas a informação não convenceu o delegado. "Esta arma estava com numeração raspada e provavelmente deve ter sido utilizada em outros assaltos. Vamos continuar as investigações a fim de prender os outros dois foragidos, além de saber se eles cometeram outros delitos no município".

Fonte: SSP/SE