Sergipe

30/04/2013 às 14h05

Orsse realizará o primeiro concerto da série Laranjeiras nesta sexta-feira, 3

Redação Portal A8

Na próxima sexta-feira, 3 de maio, às 20h30, a Orquestra Sinfônica de Sergipe (Orsse) retorna ao tradicional palco do Teatro Atheneu para o primeiro concerto da Série Laranjeiras. O concerto será comandado pela batuta do diretor artístico e regente titular do grupo, maestro Guilherme Mannis, e levará para o público uma apresentação com obras inéditas em Sergipe. A Temporada 2013 da Orquestra Sinfônica de Sergipe é uma realização do Ministério da Cultura, do Instituto Banese e do Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com patrocínio do Banese e da Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet).

O concerto contará com solos do spalla da orquestra, Márcio Rodrigues, que comandará o Concerto nº 22 para violino e orquestra, do italiano Giovanni Viotti. Completa o programa a Suíte Sinfônica do Ballet Petrushka, do compositor russo Igor Stravinsky. Os ingressos a preços populares já estão disponíveis na bilheteria do Teatro Atheneu.

Sobre as peças

Vista como uma das obras mais importantes de Stravinsky, "Petrushka" teve papel fundamental e inovador. Pertenceu à série de balés encomendados ao compositor por Sergey Diaghilev e foi estreada no Teatro Chatêlet, de Paris, em 1911. Juntamente com o "Pássaro de Fogo" e a "Sagração da Primavera", que completa 100 anos em 2013, completa a tríade de obras do compositor que mudaram a história da música: sua utilização arrojada de efeitos orquestrais alia-se a uma transformação da rítmica tradicional, colocando o ritmo absolutamente em função da expressão das ideias musicais.

O brilho desta obra, sua dificuldade técnica e sua importância no repertório do século XX farão com que o próximo concerto da Orsse seja um dos mais importantes de sua temporada e ainda um dos destaques da produção orquestral brasileira neste ano. Para o maestro Guilherme Mannis, a execução de "Petrushka é um dos desafios do grupo em 2013. "A peça exige exímia concentração do maestro, de todos os nossos músicos, e, principalmente, do público. Uma grande obra de arte, de refinada beleza e de enorme energia e vigor. É uma honra para nós podermos apresentar esta obra ao público sergipano", destaca.

Já na execução do Concerto nº22 para Violino e Orquestra do compositor italiano Gioavanni Battista Viotti (1753-1824), o spalla da ORSSE, Márcio Rodrigues, fará uma participação toda especial. Tido como um dos mais importantes compositores e violinistas do romantismo italiano, Viotti traz a ópera italiana para as composições orquestrais, proporcionando grande lirismo às brilhantes páginas orquestrais de música italiana.

Já Márcio é atualmente considerado um dos principais violinistas da região Nordeste do Brasil, participando ativamente do crescimento da Orquestra Sinfônica de Sergipe e formando jovens violinistas sergipanos, alguns dos quais atualmente já compõem o grupo.

Fonte: ASN