Sergipe

18/07/2012 às 09h10

Crime ambiental - Adiberto de Souza

Redação Portal A8

Crime ambiental

O Ibama e o Pelotão Ambiental da Polícia Militar precisam ficar atentos nesta campanha política para coibir o transporte ilegal de ‘animais silvestres`. O risco ficou maior depois que o candidato a prefeito de Aracaju, Almeida Lima (PPS), denunciou que os irmãos Edvan e Eduardo Amorim pediram R$ 5,4 milhões para apoiá-lo. Caso isso ocorra com outros prefeituráveis, as "espécies" da nossa fauna serão amontoadas em pacotes e escondidos nas malas dos carros até chegar ao destino: o bolso do pobre eleitor desinformado. Apesar da incansável fiscalização da Polícia Federal e Procuradoria Regional Eleitoral, os traficantes de ‘animais silvestres` podem transportar milhões deles nesta campanha. São bichos como Garças (R$ 5), Araras (R$ 10), Micos-Leão-Dourado (R$ 20), Onças (R$ 50) e Garoupas (R$ 100), embora esta última em menor quantidade. A Tartaruga (R$ 2) é menos traficada pelos candidatos malas-preta, pois o eleitor tem pouco interesse por ela, devido seu baixo valor de mercado. Por dever de justiça, vale ressaltar que os compradores de votos não foram responsáveis pela extinção do Beija-Flor (R$ 1).

Leia o texto na integra