Sergipe

16/07/2012 às 11h05

Dois casos de estelionato são registrados durante o final de semana

Redação Portal A8

Durante o final de semana dois casos de estelionato foram registrados na Delegacia Plantonista em Aracaju. Uma das ocorrências aconteceu na noite do último sábado (14) em um caixa eletrônico do Banco do Brasil em um dos shoppings da capital.

De acordo com informações passadas a polícia, a vítima tirou um extrato no cash e seu cartão acabou ficando preso, na mesma hora a mulher ligou para um número 0800 que estava fixado na máquina. Ainda segundo a vítima, ela foi atendida por uma mulher que solicitou alguns dados para confirmar o cadastro e disse que o cartão seria bloqueado e que a senhora receberia outro na residência até o dia 18 deste mês.

Enquanto resolvia o problema pelo telefone, a vítima contou que uma senhora loira se aproximou e informou que o fato já havia acontecido com ela e que através daquele número tudo foi resolvido. No dia seguinte, a senhora resolveu para ligar para um 4004 do Banco e foi informada que o cartão não estava bloqueado e foi orientada a procurar a agência na segunda-feira.

Sabendo que na conta não havia saldo, só por curiosidade, a senhora ligou para verificar o saldo e descobriu que estava disponível um crédito no valor de R$ 1.489,12. Ela ficou surpresa e deduziu que foi utilizado da conta o crédito automático e que foi efetuado um saque no valor de R$ 1.000,00.

Golpe por telefone

Nesse caso a vítima revelou que estava em sua casa quando recebeu uma ligação de uma pessoa dizendo ser seu sobrinho e que estava com o veículo quebrado na cidade de Paulo Afonso (BA). O mesmo informou que estava precisando de dinheiro para consertar o veículo e que a tia deveria ligar para um número de celular que seria de um guincho. A vítima também informou que deu seu número de celular a pedido do suposto sobrinho.

Para o falso conserto o golpista solicitou um valor de R$ 1.050 reais, que foram depositados em uma agência da Caixa Econômica. Já no sábado pela manhã, o mesmo homem retornou a ligação e pediu mais dinheiro, pois o motor do veículo havia sido incendiado e que ele estava precisando de mais R$ 2.000 reais. A vítima foi até uma lotérica onde só foi possível depositar a quantia de R$ 1.000.

Preocupada com o sobrinho a senhora ligou para a irmã e falou o que estava acontecendo, foi nesse momento que descobriu que havia caído em um golpe. Sua irmã informou que seu filho estava bem e que estava em casa na cidade de Curitiba.

Após descobrir a armadilha, a vítima entrou em contato com a Caixa e foi orientada a prestar o Boletim de Ocorrência e que o Banco verificaria se o valor depositado pela senhora ainda estava bloqueado, só assim poderia ser estornado.