Sergipe

24/11/2011 às 10h53

Polícia desencadeia Operação Silêncio para coibir poluição sonora na capital

Redação Portal A8

Com o objetivo de fiscalizar e coibir o uso abusivo de som em casas de shows e postos de combustíveis da capital, bem como garantir a paz e o sossego dos cidadãos residentes no entorno de tais estabelecimentos, a Polícia Militar de Sergipe desencadeia, desde o final de setembro, a Operação Silêncio. As ações são desenvolvidas através do Comando do Policiamento Militar da Capital (CPMC), atendendo à solicitação do Ministério Público do Estado de Sergipe.

Desde que teve início, no dia 30 de setembro, a ação já realizou 36 operações, que resultaram na lavratura de oito Termos Circunstanciados de Ocorrências (TCO`s) e cerca de 12 notificações. "Foi ainda restabelecido o silêncio nas redondezas dos estabelecimentos fiscalizados, que é o principal objetivo da iniciativa", ressaltou o comandante do CPMC, tenente-coronel José Enilson Aragão, acrescentando que a operação não tem prazo para término e continuará a ocorrer conforme a demanda.

Para combater o som abusivo de malas de carro, nas proximidades de postos de combustíveis e casas de shows localizadas, especialmente, nos bairros Coroa do Meio e Atalaia, a operação conta com o envolvimento de diversas unidades e subunidades da PM. São elas: 1º Batalhão de Polícia Comunitária (1º BPCom), Companhia de Policiamento de Trânsito (CPTran), Companhia de Polícia de Radiopatrulha (CPRp), Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb) e Grupamento Especial Tático de Motos (Getam).

"Trata-se de uma força-tarefa, geralmente desencadeada aos finais de semana e véspera de feriados, com o apoio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), para coibir, fiscalizar e atuar opressivamente, se necessário, na coerção de abusos sonoros", salientou tenente-coronel Enilson. As unidades de trânsito da PM, aliada aos agentes da SMTT de Aracaju, fiscalizam os condutores, a fim de prevenir infrações de trânsito durante a Operação Silêncio.

A ação ostensiva da Polícia Militar tem o apoio da comunidade e pretende resgatar a tranquilidade dos sergipanos e turistas que visitam a capital, enfrentando as infrações penais relativas a perturbação do sossego alheio e poluição sonora.

 

Fonte:PM/SE