Sergipe

18/11/2011 às 10h00

Polícia desarticula quadrilha que assaltou Correios e sequestrou taxista

Redação Portal A8

Uma operação que envolveu policiais civis e militares, na última quarta-feira (16) acabou com a prisão de cinco integrantes de uma quadrilha de assaltantes que vinha agindo em agências dos Correios no Estado e que foram flagrados depois do sequestro de um taxista em Aracaju.

Os acusados foram identificados como: Cristiano Ferreira dos Santos, Júnior Santos de Jesus, Humberto Alves Cardoso, Edson dos Santos e Rafael Vieira de Almeida. O grupo foi indiciado por roubo qualificado e formação de quadrilha. Essas prisões é uma segunda parte da operação Vale do Cotinguiba ocorrida há cerca de um mês e resultou em sete prisões e duas apreensões de adolescentes infratores.

Os criminosos foram presos depois que renderam em Aracaju um taxista e o levaram para um matagal localizado no município de Laranjeiras. Os integrantes foram então cercados e buscaram refúgio em uma área de plantação de cana de açúcar. O Grupamento Tático Aéreo (GTA) foi acionado e três criminosos foram presos no local. Um quarto assaltante foi detido em uma região próxima e o último foi surpreendido quando transitava ferido a tiro na perna na rodovia que margeia o canavial.

"Eles pegaram a vítima e e foram até a cidade de Socorro. Lá eles o colocaram no porta malas do veículo e se dirigiram até a cidade de Laranjeiras, onde planejavam assaltar os Correios de Estância", explicou o delegado de Laranjeiras, Ronaldo Marinho, ressaltando que a quadrilha desistiu de agir em Estância, porque existia uma equipe da polícia na cidade e então decidiram roubar os Correios do município de Riachuelo.

"Populares nos acionaram e conseguimos prender todos os meliantes. O grupo é responsável pelos roubos das agências dos Correios das cidades de Santa Luzia do Itanhy e Areia Branca. Todos tem passagem pela polícia", destacou Ronaldo Marinho.

Segundo a delegada Viviane Pessoa, coordenadora das delegacias do interior, as investigações apontam que o grupo pode ter participação em, no mínimo, dez assaltos a agências dos Correios em Sergipe. "Temos informações de outros crimes desta quadrilha. Estamos comemorando essas prisões já que essas pessoas vinham aterrorizando o interior, principalmente a cidade de Laranjeiras", disse.

Participaram da ação policiais civis das delegacias dos municípios de Laranjeiras e Maruim com o apoio da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci) e da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial (Dipol), além do GTA e de policiais militares da Companhia de Laranjeiras.

 

Fonte: SSP/SE