Sergipe

15/11/2011 às 14h51

Sergipe é capa de revista destinada ao público Gay

Redação Portal A8
Capa da revista Via G (Foto: Divulgação)

Segundo Amanda Leonel, jornalista e redatora da revista, o turismo LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) é um dos segmentos do mercado que mais cresce no mundo.No mundo de diversidade em que vivemos hoje em dia o mercado mundial volta-se para os diferentes segmentos da sociedade, tentando atrair os diferentes públicos consumidores. E foi para este mercado que Sergipe recebeu jornalistas da Revista Via G, principal publicação especializada para o público LGBT do Brasil, que vieram produzir um roteiro sobre as belezas do estado em comemoração aos 3 anos da revista.

Segundo Amanda Leonel, jornalista e redatora da revista, o turismo LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros) é um dos segmentos do mercado que mais cresce no mundo e é um público bastante exigente que adora viajar. "No Brasil, estima-se que 10% da população seja homossexual, ou seja, aproximadamente 18 milhões de pessoas. No Brasil, segundo dados Ministério do Turismo, essa é área que mais cresce dentro do turismo. É um segmento que gosta de viajar e explorar coisas novas e boas. É fato que dentro dos vários setores da economia voltados para gays, lésbicas e transgêneros, o turismo é um dos mais desenvolvidos", conta.

Parte interna da revista Via G (Foto: Divulgação)

Para Ana Carolina Melo, jornalista da Via G, atualmente o mercado LGBT tem os olhares do mundo globalizado e o nordeste é um canto ainda ser explorado por este público. "O nordeste é lindo e Sergipe mostrou-se ser verdadeiramente uma supressa, com suas
belezas naturais, limpeza, cultura, culinária, arte e com um povo bastante acolhedor. O mais importante do estado sergipano é que está preparado para receber este segmente turístico que tem um poder aquisitivo alto, são bastante viajados e loucos para explorar
novos roteiros", relata.

Ultimamente, de acordo com Amanda Leonel, enquanto uma família viaja apenas uma ou duas vezes ao ano, o turista LGBT viaja de quatro a cinco vezes. "Hoje já existe uma mídia especializada para este público que adora inovar em seus roteiros turísticos. Os sergipanos estão de parabéns e conscientizados, possibilitando oportunidades desse mercado que começa a mudar a maneira pela qual o mundo do turismo enxerga a comunidade LGBT", disse.

Para visualizar a publicação sobre Sergipe, basta acessar o site www.revistaviag.com.br