Sergipe

01/06/2011 às 15h38

Resort fecha por causa de dívida milionária

De acordo com o Edson dos Santos, proprietário do resort, a suspensão das atividades será temporária

Redação Portal A8

De acordo com o proprietário, os 210 funcionários demitidos voltarão às atividades em seis meses (Foto: Reprodução/ TV Atalaia)
Durante uma entrevista coletiva realizada pelo proprietário do Hotel Dioro, resort que funcionava no município da Barra dos Coqueiros, foi anunciado oficialmente o fechamento do Hotel.

De acordo com o Edson dos Santos, proprietário do resort, a suspensão das atividades será temporária, apenas para reformas que visam a melhoria do Hotel, já pensando na Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil.

Ainda segundo Edson, foi garantido aos 210 funcionários demitidos que em seis meses haverá a readmissão. O proprietário revelou que existe ainda um saldo devedor de 1.800 mil reais principalmente com fornecedores, que ficou de ser pago no prazo de 60 dias. Promessa que gerou discussão entre os credores.

O resort é uma parceria entre a iniciativa privada e o Governo do Estado que entrou como sócio minoritário com 22% com um aporte de recursos de 6 milhões de reais. Desde outubro de 2007 o empreendimento foi entregue a um grupo de jamaicanos que passou a administrar o hotel. Segundo o proprietário, três anos e meio depois, os prejuízos da bandeira super clubes starfish deixou prejuízos da ordem de onze milhões de reais.

De acordo com o secretário estadual de turismo, Élber Batalha Filho, apesar da participação do Estado no empreendimento, não há como disponibilizar recursos para viabilizar o negócio, mas já está projetada a construção de centro de treinamento para a Copa de 2014.