Sergipe

20/05/2011 às 08h22

Tratamento diferente - por Adiberto de Souza

Redação Portal A8

O governador Marcelo Déda (PT) deixou para segunda-feira próxima o anúncio do reajuste linear para os servidores, que não deverá ultrapassar minguados 6%. Para a maioria dos trabalhadores o índice é muito pouco em função de seus baixos salários, contudo, alguns setores, como policiais civis e militares - incluindo os delegados - vão sentir o aumento no contra-cheque, pois em seu primeiro governo o petista melhorou consideravelmente os rendimentos destes setores. Ao fazer isso, Déda criou duas categorias de servidores: os pobres de marré desci, e os bem aquinhoados. Para se ter uma idéia, enquanto boa parte dos profissionais de nível superior que trabalha para o Estado recebe menos de R$ 3 mil, um delegado de Polícia em fim de carreira ganha mensalmente R$ 23,5 mil. Essa estúpida diferença salarial mostra que o governo trata os servidores com pesos e medidas diferentes.

Confira Blog completo