Sergipe

07/05/2011 às 09h21

Fiscalização da venda de fogueiras será intensificada

A partir da próxima terça-feira (10) fiscais estarão atuando 24h nos principais pontos

Redação Portal A8

A Prefeitura de Aracaju irá intensificar a fiscalização do comércio de fogueiras, milho e amendoim durante o período que antecede os festejos juninos. A partir da próxima terça-feira (10) fiscais estarão atuando 24h nos principais pontos utilizados pelos comerciantes. A fiscalização acontecerá até o final do mês de junho. Para não atrapalhar a acessibilidade das pessoas e o trânsito de veículos, não será permitida a venda desses produtos em rótulas, calçadas ou entroncamentos de avenidas.

O gerente de Espaços Públicos da Emsurb, Antônio Pereira, informa que a Prefeitura de Aracaju, em acordo com os comerciantes, disponibilizou diversos locais para o comércio de fogueiras, milho e amendoim. "Não estamos proibindo a venda, mas tão somente organizando e adequando o uso do espaço público", registra. Um ponto crítico, segundo Pereira, é no entorno da Central de Abastecimento do Estado de Sergipe (Ceasa). "Até o ano passado, toda a calçada localizada na lateral da Ceasa era utilizada pelos comerciantes. Entramos em acordo com eles e este ano disponibilizarmos uma área ampla na Praça da Cruz Vermelha, perto do antigo local", diz.

O gerente de Espaços Públicos esclarece que muitos problemas estavam ocorrendo em função da comercialização irregular dos tradicionais produtos juninos. "Em muitos casos, as pessoas cortavam a madeira nas calçadas, montavam acampamento e ficavam até o final dos festejos com suas famílias, inclusive crianças. Isso tudo é preocupante, inclusive o fato de que as calçadas ficavam obstruídas e os cidadãos eram obrigados a disputar espaço com os veículos. Sem dúvida, eram muitos os riscos", destaca Antônio Pereira.

Coroa do Meio

Outro local onde a Prefeitura de Aracaju permitirá a comercialização de fogueiras fica no bairro Coroa do Meio, na área onde são vendidos fogos de artifício. "Vamos unir o útil ao agradável. Fica muito mais fácil para os comerciantes, uma vez que as pessoas irão comprar fogos e, ao mesmo tempo, poderão levar fogueiras", diz Antônio Pereira.

Para a utilização do espaço público, a orientação é que os comerciantes, antes de ocupar as áreas sinalizadas pela Prefeitura de Aracaju, encaminhem uma solicitação formal. "Essa solicitação visa organizar a atividade dos comerciantes e garantir a sua rentabilidade", coloca Pereira. A solicitação deve ser protocolada na Diretoria de Espaços Públicos, na sede da Emsurb, no Parque Augusto Franco (avenida Jornalista Santos Santana, s/n, bairro Jardins).

 

Fonte: PMA