Sergipe

22/11/2010 às 17h06

Obras de Anete Sobral serão expostas na Galeria Álvaro Santos

Serão 34 peças, sendo 32 telas e dois panôs, expostas na GAAS até o dia 11 de dezembro

Redação Portal A8

As telas da exposição foram cedidas pelo filho da pintora (Foto: Ascom/Funcaju)
A partir desta quinta-feira (25) a Galeria de Arte Álvaro Santos (GAAS) será ocupada por uma exposição individual de Anete Sobral. A mostra será uma homenagem póstuma à artista plástica, que nesta segunda (22) faria 85 anos. Serão 34 peças, sendo 32 telas e dois panôs, expostas na GAAS até o dia 11 de dezembro.

O coquetel de abertura acontece às 20 horas e contará com a presença do filho da pintora, que cedeu as obras para a exposição, dez das quais estarão à venda. Como no próximo dia 16 de janeiro completará dois anos do falecimento da pintora, a mostra será uma oportunidade para reverenciar o talento da artista, que por mais de 25 anos pintou a sergipanidade.

A GAAS fica localizada na Praça Olímpio Campos, Centro, e é mantida pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esporte da Prefeitura de Aracaju (Funcaju). O horário de visitação é das 8 às 18 horas, de segunda a sexta; e das 9 às 12 horas, aos sábados. Mais informações pelo telefone (79) 3179 1308.

Artista

A pintora autodidata tinha os casarios e folguedos como os principais temas de suas telas, utilizando-os para ilustrar o Sergipe Barroco e as festas populares que tanto a encantavam. Para Luís Adelmo, diretor da GAAS, a necessidade de retratar os costumes típicos do interior através de cores representativas da luminosidade tropical é uma das grandes marcas de Anete.

"Essa necessidade é decorrente de ela ter nascido em Frei Paulo e, portanto, ter tido um contato muito próximo com uma série de manifestações populares. Em suas pinturas ingênuas Anete expõe de forma belíssima o folclore e as tradições sergipanas", elogia Luís Adelmo. "Ela utiliza muito as cores fortes, mas consegue uma harmonia tão bonita que esta acabou se tornando sua grande característica", afirma o diretor.

Reconhecimento

Entre as grandes realizações de Anete está a classificação de suas telas para o Salão de Pintura do Museu de Olinda, diante de 120 concorrentes de todo o Brasil. Em 1974 ela emplacou uma exposição individual no Clube do Congresso, em Brasília, sendo patrocinada pelo Banco do Nordeste.

A artista também recebeu menção honrosa no 1º Salão Atalaia de Pintura, além da segunda colocação na edição seguinte. Ela participou ainda de exposições individuais em São Paulo e Salvador. Várias mostras das quais participou, coletivas ou individuais, foram expostas na Galeria Álvaro Santos.

 

Fonte:ASCOM/FUNCAJU