Sergipe

10/11/2010 às 08h19

Mulheres são presas por comercializar drogas sob comando de presidiário

Redação Portal A8

Na última terça (09), Jocelina Santos Silva, 29 anos, e Adriana Roberta Santos, 19, foram presas acusadas de praticar tráfico de drogas no Loteamento Santa Cecília em Nossa Senhora do Socorro. A dupla é acusada de comercializar entorpecentes sob o comando do presidiário Ginaldo Silva Reis, 24 anos, irmão de Jocelina e namorado de Adriana.

Tenente Marcos Rocha (Foto:Jadilson Simões )
Apreensão (Foto:Jadilson Simões )

 

Ginaldo foi preso desde 2009 por tráfico de entorpecentes e latrocício (roubo seguido de homicídio).Ele movimentava a venda de drogas na região, que fica às margens da rodovia BR 235, no acesso a Aracaju. "Recebemos uma denúncia anônima por telefone de que elas estavam vendendo crack na casa onde residem no Santa Cecília. Duas equipes foram deslocadas para a área e identificaram ambas. Durante a abordagem as drogas foram encontradas", informou o comandante da CPRp, tenente Marcos Rocha.

Segundo Rocha, o caso foi encaminhado ao Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc), na capital, onde foi lavrado o flagrante das acusadas. "Além de desativar mais um ponto de venda de entorpecentes, o registro da ocorrência deverá prejudicar a articulação do Ginaldo, que é mais conhecido por Nazinho. Conforme apuramos, ele já cumpre pena de 25 anos por latrocínio e mais seis por roubo e agora terá mais dificultada a sua situação, já que suas comparsas estarão presas também", reforçou.
A polícia militar apreendeu 50 pedras de crack, uma cápsula com um grama cocaína, uma balança e pertences das acusadas.

Com informações da SSP/Se