Sergipe

09/11/2010 às 14h01

Instrutor de parapente e comerciante são presos arrombando veículos

Redação Portal A8
Na casa dos acusados foram apreendidos vários objetos roubados (Foto: SSP/SE)

Durante uma operação de rotina de policiais do Cope, no último doingo, na rodovia José Sarney, nas imediações do bar Habeas Beach, uma dupla de arrombadores de veículos foi flagrada. Os policiais então se identificaram e os suspeitos tentaram fugir, sem sucesso, através da faixa de areia da praia. Foram presos: o comerciante do ramo de veículos, Marques Antônio do Nascimento, 46 anos, e o instrutor e presidente da Associação Sergipana de Parapente, Igor Goes Caldas, 26 anos.

Com eles foi apreendido um veículo GM Celta, cor prata, com placa adulterada, que segundo a polícia pertence a tia de Igor e era utilizado pela dupla para realizar os arrombamentos. Na casa de Marques, localizada em um condomínio fechado na avenida Rio de Janeiro, e na residência de Igor, no bairro São José, foram encontrados diversos objetos provenientes de ações criminosas da dupla. "Eles costumavam agir em vários bairros de Aracaju", destacou o delegado Baronto.

Nos dois endereços os policiais apreenderam jóias, bijuterias, livros, equipamentos odontológico e nutricional, aparelho de DVD, livros, flash fotográfico, lanternas, relógios, perfumes, óculos, bolsas, binóculos, pneus de veículos, extintor veicular, máquina fotográfica, caixas e aparelhos de som automotivos, pen-drives, entre outros objetos. "Já identificamos quinze vítimas.

"Com certeza existem outras pessoas que foram lesadas e esperamos com a ajuda da imprensa que essas pessoas compareçam a sede do Cope para reconhecer os produtos furtados", salientou o delegado. Ainda de acordo com a polícia, Marques já foi preso no ano de 2007 por duas vezes sob a acusação do mesmo crime. Já Igor não tinha passagem pela polícia. Os dois foram indiciados pelos crimes de furto qualificado e adulteração de veículo automotor.

A dupla ficará detida na carceragem do Cope à disposição da Justiça. Todo material apreendido, bem como veículo utilizado pelos criminosos, ficarão, também, na sede da unidade policial para a apreciação de possíveis vítimas.

 

Com informações da SSP/SE