Sergipe

04/11/2010 às 09h21

Família sofre tentativa de assalto duas vezes em oito dias

Redação Portal A8

Uma família residente no condomínio Flamboyant, no bairro Luzia, sofreu duas tentativas de assalto em oito dias. A última aconteceu na tarde de ontem (03), por volta tas 17 horas.

Segundo o morador de prenome Marcos, a primeira vez ele foi abordado por um homem de bicicleta quando retornava do trabalho."Eu estava chegando em casa quando veio um rapaz de bicicleta tentar me roubar, eu enfrentei ele e ainda tomei a bicicleta do ladrão. Depois ele veio querer a bicicleta de volta e eu disse que não ia devolver não porque ela é fruto de roubo, vou levar para a delegacia", disse.

A segunda tentativa de assalto ocorrida na tarde dessa quarta-feira (03), teve como vítima a esposa de Marcos, que ao sair de casa foi abordada por um homem que a insultou e a derrubou no chão. "Ele tentou roubar a bolsa dela, ela começou a gritar, aí o assaltante com raiva derrubou ela no chão e ainda chamou minha esposa de vagabunda.É um absurdo, estamos clamando por segurança no bairro Luzia, a situação não pode ficar assim", desabafou.

Os moradores reclamam que os pontos onde vem ocorrendo constantes assaltos se localizam nas imediações do viaduto e no centro do conjunto Médice II onde estudantes diariamente são assaltados ao se dirigir para a escola de manhã cedo. Os moradores pedem mais policiamento na região.

Polícia

A 3ª Companhia do 1º Batalhão de Polícia Comunitária, que atua na área, comunicou que irá intensificar o policiamento na região. "A área já é policiada, inclusive temos uma viatura disponível no conjunto Médice II, próximo ao colégio, mas devido aos apelos da população vamos intensificar o policiamento e pedir para que estes moradores nos procurem para que a gente possa também ter conhecimento através deles desses problemas", disse o capitão Geovânio.

"Ainda hoje estarei enviando uma equipe para conversar com os moradores do condomínio e tranquilizá-los quanto aos assaltos ocorridos. Vamos garantir a segurança na região. Estamos a disposição e para isso também precisamos da atuação dos moradores. Que eles tenham a certeza de que podem contar conosco", enfatizou o policial.