Sergipe

19/10/2010 às 14h12

Poetas sergipanos são premiados no prêmio João do Sapateiro de Poesia Popular

Nessa segunda edição, o prêmio teve como tema os 150 anos do João Ribeiro

Redação Portal A8

Na noite dessa segunda-feira (18) aconteceu a premiação da segunda edição do prêmio João do Sapateiro de Poesia Popular. A festa aconteceu na cidade de Laranjeiras e tem como objetivo estimular e valorizar o trabalho dos artistas sergipanos.

Os vencedores foram Wedmo Dantas Mangueira Neto, que com a poesia "Correnteza" conseguiu o primeiro lugar, com a obra "Celebração", o poeta Joselito de Jesus Franco ficou em segundo lugar. Na terceira colocação foi premiada Alessandra dos Santos, com a poesia "O Genial João Ribeiro".

Nessa segunda edição, o prêmio teve como tema os 150 anos do João Ribeiro e dezenas de trabalhos de poetas sergipanos foram inscritos. A comissão Julgadora foi composta por: Marcelo Ribeiro, médico, poeta escritor e integrante da Academia Sergipana de Letras, Antônio Alves do Amaral, pedagogo, Pesquisador da cultura popular, musico, poeta e letrista, Gil Francisco, Jornalista, Pesquisador, professor universitário e poeta, Genaro Brota, Advogado, professor e cronista.

A História de João Sapateiro

João Silva Franco nasceu na cidade de Riachuelo, em Sergipe, no dia 20 de junho de 1918. Negro, quase dois metros de altura, teve a vida marcada pelo sobrenome postiço. Profissionalizou-se como sapateiro. Passou a ser conhecido como João Sapateiro e reconhecido como o sapateiro poeta. Viveu quase 90 anos, antes de morrer placidamente em uma quinta-feira, dia 9 de outubro de 2008.

Sua poesia, tal qual sua arte de consertar sapatos, é um patrimônio de Laranjeiras, um rico exemplo de criação. Os sapatos gastos perdem-se, mas a poesia continua servida, nos livros que publicou. Em homenagem à história desse grande poeta e à poesia popular é que a Prefeitura de Laranjeiras criou em 2009 o prêmio João Sapateiro de Poesia Popular.