Sergipe

08/09/2010 às 08h33

Operação Anjos de Pedra prende 07 pessoas e apreende duas crianças

Redação Portal A8

 

A polícia prendeu sete pessoas e apreendeu dois adolescentes (Foto: SSP)

A polícia civil deflagrou, no início da manhã de hoje (08), por volta das 6 horas, em Itabaiana a 57 km de Aracaju, uma operação que culminou com a prisão de 07 pessoas e apreensão de 02 menores, envolvidos com tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio no município. As duas crianças participavam do tráfico vendendo crack por R$10 e recebendo como recompensa R$1 por cada pedra vendida.

 

 Além da apreensão de dois menores, foram presos José Givanilson, vulgo "Baiaco", de 45 anos de idade, Adriana dos Santos, 34, Marcos Antônio de Souza, vulgo "Tonhão", 20 anos, Maria Patrícia dos Santos, 23 anos, Adriano Alves da Mota de 25 anos, Maria Deisevan dos Santos, 33 e Claudio dos Santos Bispo (26 anos de idade). Também foram apreendidas diversas pedras de crack e mais de 50 sementes de maconha.

O trabalho ainda rendeu a identificação de dois distribuidores da droga, identificados como Raí e Cicinho, que estão foragidos e que foram responsáveis por trazer a Itabaiana 10,5 Kg de maconha, apreendidos há um mês no município.

Também foi identificado um indivíduo conhecido como Carlos Magno Andrade de Carvalho, responsável por fazer furtos juntamente com o preso Cláudio dos Santos Bispo (Visgo), em estabelecimentos de ensino e igrejas. Visgo foi preso durante a operação e Carlos Magno fugiu do município. 

A polícia solicita que quem souber do paradeiro dos três foragidos, ligue para o disque denúncia 181.

Operação


Agentes de polícia ficaram infiltrados durante dois meses, sob a coordenação do Delegado Hugo Leonardo, do Setor de Entorpecentes da Delegacia Regional de Itabaiana, no Bairro conhecido como Invasão, convivendo como moradores da área. Nesse período conseguiram mapear os traficantes e identificar as pessoas que arregimentavam os demais moradores para fazer a venda de crack.

Algumas micro-câmeras foram implantadas pela polícia civil no Bairro, que acabou flagrando até crianças menores de 12 anos vendendo a droga. Uma dessas crianças, com apenas 11 anos de idade, arregimentava as demais.

Todo esse trabalho, permitido na lei, e conhecido como ação controlada, acabou embasando os pedidos da Polícia Civil de prisão e busca e apreensão, expedidos pelo Poder Judiciário com o crivo do Ministério Público.

Durante o período de investigação diversas pedras de crack foram compradas pelos policiais que estavam infiltrados na área, tudo isso filmado e levado ao Poder Judiciário.

Com a coleta de todas essas provas, cerca de 25 Agentes e Escrivães de Polícia de Itabaiana e do DENARC, coordenados pelos 05 Delegados de Polícia de Itabaiana e pela Delegada do município de Campo do Brito.

Matéria atualizada com foto às 14h42