Sergipe

01/09/2010 às 14h43

Professor de escola municipal é preso acusado de pedofilia

Redação Portal A8

Os vídeos foram encontrados na casa do professor, no bairro Santos Dumont (Foto: SSP/SE)
A equipe do Departamento de Grupos Vulneráveis (DAGV) prendeu na manhã desta quarta-feira (01), em flagrante, o professor José Reginaldo dos Santos, 42 anos, sob a acusação de pedofilia e exploração de menores.

Na casa do acusado, que leciona na escola Olga Benário e no colégio Estadual João Batista Nascimento, a polícia encontrou dois computadores com vídeos pornográficos com crianças de 2 a 9 anos, além de fotos. O professor ensinava para alunos da 1ª e 2ª série do ensino fundamental, mesma faixa etária das crianças que estavam nas imagens apreendidas com o acusado.

Segundo o delegado, há 15 dias o professor foi indiciado pelo crime de exploração de menores, quando em uma atitude absurda tirou uma foto de aluna de 9 anos completamente nua nas dependências do Colégio Olga Benário. "Ele mantinha uma relação de confiança, típica de professores e alunos, por isso, suas investidas eram facilitadas já que as crianças não ofereciam reação", explicou. A criança confirmou a denúncia e contou detalhes do crime a polícia.

Após a gravidade do ocorrido, a Secretaria Municipal de Educação de Aracaju afastou o professor preventivamente de todas as atividades na rede municipal de ensino. O histórico do acusado é repleto de crimes sexuais envolvendo crianças. Em 2005, Reginaldo respondeu por um crime semelhante no município de Barra dos Coqueiros. No entanto, apesar da gravidade do crime, ele não chegou a ser preso.

"Desta vez, encontramos dois computadores com imagens de sexo de adultos com crianças e em outros arquivos não possível acessar o conteúdo porque estão protegidos por senha e ele se recusa fornecer os dados", disse Alessandro.

Com o acusado também foi encontrado dezenas de cartões de crédito que terão sua procedência averiguada. Outro ponto que vai nortear a investigação da polícia é uma lista com sites pornográficos de conteúdo infantil, que provavelmente pode ligá-lo a uma rede internacional de pedofilos.

Além de ser professor, Reginaldo também mantinha uma Organização Não-Governamental (ONG) intitulada Rede Beneficente Luz do Sol especializada em cursos para crianças e idosos, o que facilitava ainda mais a aproximação de possíveis vítimas. José Reginaldo ficará preso à disposição da 11ª Vara Criminal onde o processo contra ele vai tramitar.

O delegado Alessandro Vieira, da Delegacia Especializada de Atendimento a Crianças e Adolescentes Vitimas (DEACAV), informou que o material apreendido será periciado.

*Matéria atualizada às 17h57

Com informações da SSP/SE