Sergipe

28/08/2010 às 10h07

Polícia apreende 30 mil carteiras de cigarros falsificados no Bairro América

José Emílio Viana de 65 anos, foi preso acusado pelo crime de venda de cigarros falsificados

Redação Portal A8

Policiais civis prenderam sexta-feira, (27), José Emílio Viana, 65 anos, mais conhecido como ‘Argentino`. Ele é acusado pelo crime de venda de cigarros falsificados no bairro América, zona norte de Aracaju.

Foram apreendidas 30 mil carteiras falsificadas (Fonte:SSP/Se )

Equipes do Cope receberam uma denúncia da Associação Brasileira de Combate à Falsificação (ABCF) de que um senhor estaria armazenando e comerciando a mercadoria falsificada.

"A partir da denúncia, a equipe de policiais civis foi até a residência de Emílio e lá encontrou uma média de 30 mil carteiras de cigarros falsificados" afirmou o delegado do Cope André Baronto.

Ainda segundo Baronto, a mercadoria tem origem do município de Feira de Santana e o acusado sabia que os cigarros eram falsificados. "José cometeu o crime de depósito de substância nociva à saúde e a pena para este tipo de crime é de um a três anos.

Os produtos falsificados serão encaminhados para Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa.

Com informações da SSP/Se