Sergipe

24/08/2010 às 06h24

Paciente não é atendido por greve dos peritos médicos

O vigilante José Batista está afastado do trabalho há 2 anos e 3 meses por um problema de saúde e esperou 1 mês para renovar a perícia

Redação Portal A8

O vigilante José Batista está afastado do trabalho há 2 anos e 3 meses por um problema de saúde e esperou 1 mês para renovar a perícia, marcada para o dia 23 de agosto.Assim que ele chegou ao INSS acompanhado da esposa, foi comunicado que não seria atendido por conta da greve dos funcionários e  a perícia foi remarcada para o mês seguinte.

José acompanhado da esposa (Fonte:Atalaia Agora)

 

José está preocupado pois somente com a realização da perícia, ele tem direito ao benefício de um salário mínimo e sem esse dinheiro ele não tem condições de comprar os medicamentos que necessita. Segundo o trabalhador, por mês ele gasta cerca de $200 reais apenas em remédios.

José terá que esperar mais 40 dias para a consulta do INSS, ele teme que a situação se agrave e quer providências.

INSS

De acordo com a assessoria de comunicação do INSS, até o final do mês será realizado o desfecho final da greve dos peritos médicos. Quanto a situação do trabalhador, ele não deixará de receber o benefício por conta do adiamento do retorno da perícia e alegou que ele pode ficar despreocupado.