Sergipe

19/08/2010 às 12h25

Des. Luiz Mendonça fala do atentado em entrevista coletiva

Redação Portal A8

Na manhã desta quinta-feira (19), o desembargador Luiz Mendonça em entrevista coletiva no Palácio da Justiça de Sergipe relatou os momentos de aflição que sofreu com a tentativa de homicídio na manhã de quarta-feira, (18).

"Após cumprir minha tarefa habitual no Tribunal de Justiça de Sergipe, estava indo para casa normalmente. Após terminar uma ligação, percebi um disparo me assustei com estilhaços de vidro vindo em minha direção. Então me abaixei no banco e ao olhar Jailton, percebi que ele havia aberto a porta e caído fora do veículo. Levantei a cabeça levemente para poder visualizar o ocorrido e observei eles se aproximando do carro, eu peguei a submetralhadora do motorista e efetuei disparo que ao perceberem se afastaram e saíram em fuga", lembrou.

O presidente do TRE também relatou em entrevista que não acredita ser Floro Calheiros o envolvido no atentado por não haver provas. "Eu não posso atribuir o atentado a Floro Calheiros por não ter qualquer indício que leve a está conclusão. Eu não tenho desafeto algum, eu cumpro apenas o meu dever, pois Sergipe todo me conhece".