Sergipe

18/08/2010 às 17h56

Polícia acredita que crime contra desembargador foi encomendado

De acordo com o secretário de Segurança Pública, João Eloy, o crime foi um atentado contra o Estado

Redação Portal A8

Durante a tarde desta quarta-feira (18) secretário da Segurança Pública, João Eloy de Menezes, reuniu a cúpula da Secretaria de Segurança Pública para prestar informações a respeito das investigações sobre a tentativa de homicídio contra o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Luiz Mendonça.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, João Eloy, o crime não foi um atentado somente contra o desembargador, mas para o Estado. "É uma obrigação da polícia elucidar esse caso, é nossa obrigação dar uma resposta para a sociedade", afirmou.

Para a polícia, até o momento, as investigações indicam que o crime pode ter sido encomendado. "Agora peço paciência para todos, pois estamos trabalhando, mas as investigações costumam levar um tempo", concluiu o superintendente da Polícia Civil, João Batista.

Estão trabalhando nas investigações os delegados André Baronto, Thiago Leandro, Gilberto Guimarães e Cristiano Barreto.