Sergipe

09/08/2010 às 14h28

Polícia prende mais um suspeito de envolvimento com o laboratório de cocaína

O acusado confessou que armazenou a droga pelo valor de R$700,00, mas diz não saber quem era o dono

Redação Portal A8

 

Além da droga, a polícia também encontrou dinheiro na residência (Foto: Denarc)

Após a descoberta do laboratório de processamento de cocaína no bairro Castelo Branco, a polícia continuou com as investigações e verificou que além de Bruno Almeida da Cruz, preso no dia 04 de agosto, outras pessoas também estariam envolvidas no tráfico. Denúncias anônimas confirmaram as suspeitas sobre um homem identificado por Moises França da Silva, 25 anos, que traficava não só nos conjuntos Albano Franco e Novo Horizonte, mas em outras cidades do interior do Estado.

 

Na última sexta-feira policiais do Denarc localizaram a residência recém alugada por Moises e fizeram uma varredura no imóvel. No local os policiais encontraram embaixo da cama uma sacola contendo várias pedras de substância semelhante a cocaína e depois encontraram dentro de um aspirador de pó mais outro saco plástico com pedras da droga. No total foi encontrado pouco mais de um quilo de cocaína, dinheiro e celulares.

O acusado confessou que armazenou a droga pelo valor de R$700,00, mas disse que não tem certeza sobre a droga pertencer ao traficante Bruno, pois quem levou a cocaína teria sido um amigo do traficante.

Com a indicação deste terceiro suspeito a polícia continua com as investigações. Policiais do Denarc informaram que já sabem o apelido e algumas informações sobre o indivíduo, mas preferem não divulgar para não atrapalhar o trabalho da polícia.

 

Com informações da Polícia Civil