Sergipe

11/05/2010 às 14h34

Audiência pública aborda exploração sexual de crianças

Redação Portal A8

Discutir ações para o combate da exploração sexual infanto-juvenil. Este foi o objetivo da audiência pública promovida pela comissão Direitos Humanos da Câmara Municipal de Aracaju (CMA) nesta terça-feira (11). O autor do debate e presidente da comissão, o vereador Emerson Ferreira (PT) falou que é necessário agir e analisar o modelo atual do Estado e da família.

"Essa é uma questão que se arrasta por muio tempo". Foi assim que o representante do Comitê Estadual de Enfrentamento da Violência Sexual contra a Criança e o Adolescente, Jerônimo Sérgio da Silva começou seu discurso sobre o tema. Ele lembrou também do dia 18 de maio, instituído pela Lei Federal Nº. 9970/00, como do Dia Nacional de Luta contra o Abuso e a Exploração Sexual.

Já a promotora de Justiça da Saúde e da Educação, Miriam Tereza, disse que na área jurídica houve grandes avanços e que a maioria dos abusos acontece dentro do ambiente familiar. "São 400 casos registrados. Esse é um número assustador pois a maioria dos casos não é notificado", alertou, completando que o grande problema atual é a impunidade dos agressores.

Com informações da CMAJU