Sergipe

10/05/2010 às 17h44

Desalojados começam a deixar escolas municipais

A orientação é que caso as famílias não consigam casas para alugar serão encaminhadas para galpões

Redação Portal A8

Os desalojados destruíram a biblioteca de uma das escolas (Foto: Atalaia Agora)
Depois de 27 dias morando em escolas públicas, as famílias desabrigadas pelas chuvas começam a retomar suas vidas beneficiadas com o auxílio moradia. No colégio estadual Barão de Mauá, no conjunto Orlando Dantas, 1.250 estudantes já voltaram a estudar nesta segunda-feira (10).

Em algumas escolas ainda restam famílias, mas a orientação é que caso não consigam casas para alugar, elas serão encaminhadas para galpões. No colégio Vitória de Santa Maria, cinco famílias ainda estão alojadas. Situação semelhante também ocorre no escola municipal Laonte Gama, no bairro Santa Maria, que ainda abriga outras cinco famílias.

A estrutura das escolas também foram danificadas (Foto : Atalaia Agora)

A intenção é que as escolas sejam desocupadas o mais rápido possível, pois na maior parte dos casos as unidades de ensino foram alvo de vandalismo. Na escola Barão de Mauá sete ventiladores de teto desapareceram. Já no Laonte Gama além da biblioteca que foi danificada, quatro jogos de mesas e cadeiras foram levadas.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Assistência Social, as 276 famílias abrigadas nos cinco colégios da capital vão receber até o dia 30 o valor de R$ 300 referentes ao auxílio moradia. Todas as escolas devem ser entregues até a próxima quarta-feira (12) para que as atividades escolares retornem.

De acordo com a secretária da Assistência Social, Rosária Rabelo, as famílias que estão cadastradas em programas habitacionais da prefeitura vão receber a ajuda de custo até que as casas estejam prontas, já os demais devem receber até que a prefeitura tenha uma solução definitiva para essas famílias.