Sergipe

29/04/2010 às 13h28

Aruana: dois bares são derrubados por decisão judicial

Os proprietários dos bares da Aruana foram notificados pela Advocacia Geral da União há um mês

Redação Portal A8

Na manhã desta quinta-feira (29) por conta de uma determinação da Justiça, dois bares foram derrubados por determinação da Justiça. Os proprietários dos bares da Aruana foram notificados pela Advocacia Geral da União há um mês, em virtude do projeto urbanístico que vem sendo desenvolvido pela Prefeitura de Aracaju na área.

Trê bares foram destruídos (Foto: Sérgio Ferreira)
Os comerciantes ficaram desesperados com a demolição (Foto: Sérgio Ferreira)

O primeiro estabelecimento a ser demolido foi o bar do Nelson. Todos ficaram emocionados com a destruição. "Minha família está desesperada. Perdemos nosso sustento e não sabemos o que fazer", disse José Nelson de Carvalho, proprietário.

Toda ação foi acompanhada pelos proprietários (Foto: Sergio Ferreira)

De acordo com o proprietário do Bar do Surfista, Carlos Gonçalves de Oliveira, disse que os donos de bares foram desamparados pela prefeitura.

"No acordo que assinamos os bares só seriam destruídos depois que outros novos fossem construídos, mas não foi o que aconteceu", reclamou Oliveira.

Um terceiro, o bar do Jota, estava entre os que seriam derrubados nesta manhã, mas por uma liminar judicial acabou não sendo destruído.

Regularização - No próximo dia 5 de maio, será realizada uma audiência pública na sede da Justiça Federal a partir das 14h com a finalidade de discutir a situação dos donos de bares da Rodovia dos Náufragos, conhecido como Rodovia José Sarney.