Sergipe

20/04/2010 às 17h48

Mortes de bebês são investigadas por defensores públicos

Redação Portal A8

Na manhã desta terça-feira (20), os defensores públicos que fazem parte do Núcleo de Defesa da Saúde estiveram na Maternidade Santa Isabel para averiguar as denúncias sobre as mortes dos bebês, ocorridas no último dia 18 de abril.

Os defensores fizeram uma inspeção nas instalações da maternidade e conversaram diretamente com o diretor do hospital, Carlos Pinheiro, sobre as mortes ocorridas. Durante a visita, os defensores públicos tiveram acesso aos prontuários de atendimento das mães das vitimas.

A diretoria da maternidade informou que abrirá uma sindicância para investigar o caso. "De acordo com o diretor da maternidade, a sindicância será concluída no prazo máximo de 30 dias", conta o defensor público, Murilo de Souza Silva.

A partir de agora os defensores públicos farão requisição dos prontuários para apurar de forma mais detida o fato. "Hoje mesmo já entramos em contato com a família de uma das vitimas, que nos prestou informações sobre o ocorrido", informou Murilo.

Com informações da assessoria