Sergipe

16/04/2010 às 15h57

Famílias do galpão na rua do Acre pedem ajuda

No galpão do bairro Siqueira Campos, cerca de cem famílias estão passando por maus momentos

Redação Portal A8

O telhado está cheio de buracos (Foto: Atalaia Agora)
Com a chegada das chuvas, são muitos os pontos em situação critica na Grande Aracaju. No galpão da rua do Acre, no bairro Siqueira Campos, cerca de cem famílias estão passando por maus momentos nesse período chuvoso.

Há quase dois anos, quando foram retiradas do prédio onde funcionava o antigo hotel Brisa Mar, essas famílias foram instaladas pelo Governo do Estado em um galpão localizado na rua do Acre, bairro Siqueira Campos, sem a menor estrutura para receber pessoas. Sem nenhuma expectativa de melhorias, elas já se acostumaram com a falta de estrutura. "Viver desse jeito já é normal, toda vez que chove é assim, alagamento e esgoto entupido", desabafou a moradora Silvania Oliveira.

Sem ter outra opção de moradia, as famílias pedem pela segunda vez ajuda ao Governo, já que na primeira foram levadas para esse galpão e nada mais foi feito. "Alguém tem que olhar por nós, tem muita criança vivendo aqui sem nenhuma estrutura. Quando começa a chover nosso sossego acaba", explicou o morador Marcos. "Uma das maiores goteiras está bem no meu barraco. É muita água, mas tenho que ficar aqui", afirmou.