Sergipe

28/01/2010 às 15h59

Polícia apreende soda cáustica vendida ilegalmente

Redação Portal A8

O caminhoneiro Dernivaldo Alves Nunes, 42 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (28), após ser flagrado transportando ilegalmente galões contendo soda cáustica. A prisão foi feita em um galpão nas imediações do posto de combustíveis Sorriso, localizado próximo ao povoado Pirunga, no município de Capela.

Na carroceria do caminhão foram encontrados 18 tonéis, cada um com cerca de 200 litros de soda cáustica. De acordo com o policial civil, Claudivan Souza, cada galão já estava vendido por R$ 150 e já tinham destino certo. "Geralmente o material é levado para Aracaju ou Socorro, mas dessa vez a carga estava indo para Itabaiana, onde seria usada na produção de sabão e produtos de limpeza", explicou.

O policial disse ainda que os carreteiros têm participação no esquema. "Eles param no posto de combustíveis para dormir e se deslocam até o galpão que fica próximo e não altera a quilometragem percorrida", afirmou o policial. "Eles retiram o combustível do veículo, misturam com água e vendem ilegalmente", contou.

De acordo com a delegada Rosana de Souza Freitas, a presença de galões vazios no galpão indicam a adulteração de combustíveis e outros produtos químicos. "Agora vamos instaurar o inquérito e seguir com as investigações para apurar se o proprietário do galpão tem participação na atividade", explicou a delegada. "Estamos providenciando um local para o armazenamento do produto corrosivo, para que não haja riscos para a população", explicou.

A polícia revela que combater a atividade é complicado, pois na região existem muitos olheiros e quando percebem a presença de policiais avisam aos donos das mercadorias que acabam fugindo.